Menu / Editorias
Abrir / Fechar

Niterói Digital

Niterói Digital

  Niterói/RJ tem 14 núcleos ensinando informática aos idosos gratuitamente, afirmou Carlos Eduardo Mattos da Cruz, também conhecido pelo apelido de "Cadunico", coordenador pedagógico dos telecentros.


Em entrevista ao portal ideal3idade, no Núcleo Pedagógico Digital, localizado na Rua Visconde de Uruguai, nº 300, "Cadunico" revela que a maior parte dos alunos do programa  Niterói Digital - desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Semect), é composta por idosos. Em 2014 são 300 diplomas para idosos, informou ele.

Os cursos básicos são ensinados por 20 aulas totalizando 30 horas até a diplomação e geralmente estão nas áreas carentes. Os alunos aprendem a mexer com o software livre, programas de computador cujo o código fonte é livre e de fácil acesso da população. É só baixar na internet na maioria dos casos sem pagar por eles, explica "Cadunico".


Segundo o nosso entrevistado, o maior problema do idoso quando começa a

 aprender no computador é o mouse (rato), aquela peça que a mão controla a seta na tela. Geralmente o idoso leva de 3 a 4 dias para se acostumar. "Não adianta apressar", aconselha o coordenador pedagógico, dizendo: "Eles aprendem no
 ritmo deles"!


- Certo dia os alunos idosos de um telecentro sumiram por alguns dias. Eles

 fizeram amizade e decidiram realizar uma excursão. Esse é o maior sentindo social da nossa função, além de proporcionar a inclusão digital e valorizar a autoestima dos idosos, que se sentem excluídos da sociedade e das inovações tecnológicas, explica "Cadunico", completando:  "É preciso carinho e paciência com eles".

Os telecentros em Niterói surgiram quando Jorge Roberto Silveira era prefeito, sendo então um programa realizado por duas secretarias:  A antiga Ciência e tecnologia e a atual Educação Ciência e Tecnologia. A secretaria de Ciência e Tecnologia chegou a ter 5 polos e a educação uns 17 (no papel). Poucos desses telecentros chegaram ao final do governo Jorge Roberto funcionando realmente. Principalmente os pertencentes à educação, que muito antes do final do governo já tinham "estourado" a verba.

Cadunico diz que são muitos pedidos das comunidades para a instalação do telecentro. E que a meta até o final do governo Rodrigo Neves estava estimada em 20 instalados. Como existem 14 núcleos até o momento, acredita que vai passar disso, dependendo de alguns fatores, como: local, obras necessárias, acessos, facilidades, etc. Inicialmente a comunidade deve entrar em contato com a Subsecretaria de Ciência e Tecnologia no NPD
.

Seções relacionadas